Para quem trabalha com vendas, o maior pesadelo é ouvir do seu cliente que ele apenas está “dando uma olhadinha”, não é mesmo? Converter essas olhadas em comprar precisa ser o objetivo de quem deseja ampliar seu negócio e, como seu aliado, você pode oferecer um espaço diferenciado. Por isso, ter um ponto de venda diferenciado e convidativo é um dos primeiros trunfos para quem quer impulsionar seu negócio. Vamos entender melhor esse hábito usual do cliente de “dar uma olhadinha”: geralmente, ele expressa o desejo do cliente em ter mais liberdade quando conhece o espaço e os produtos ali ofertados.

É lógico que outros fatores, especialmente aqueles ligados ao treinamento dos colaboradores, por exemplo, contudo, hoje vamos falar sobre como a Arquitetura pode contribuir para o sucesso das suas vendas. O layout definido para sua loja é o ponto central para otimizar suas vendas e, por isso, você precisa definir suas estratégias para que o ambiente conspire a seu favor. Hoje, uma tendência que ganha cada vez mais força no varejo é o autoatendimento: pesquisas mostram que 65% dos consumidores brasileiros preferem mais independência no momento das suas compras.

Tudo está interligado e, a partir de uma proposta que responda de forma funcional e inteligente para sua loja, os resultados são mais certeiros. A espiada que o cliente costuma dar transforma-se em um período maior de permanência dentro do seu estabelecimento e, por conseguinte, em vendas. Para tanto, o layout precisa ser intuitivo para o cliente e contar com estratégias na distribuição dos objetos, valorizando ao máximo das qualidades do seu produto.

Dedique-se a entender seu negócio e, principalmente, as estratégias que você adotará no momento da venda: elas são o ponto de partida para a elaboração de um bom layout e projeto para seu ponto de venda. Sem dúvidas, com um projeto de arquitetura comercial capaz de expressar a identidade da sua empresa de forma atraente, a “olhadinha” vai ser mais longa e terá mais chances de ser convertida em vendas!